Pauta Baiana
A Notícia com tempero que só tem na Bahia!

SUSPEITO DE ENVOLVIMENTO EM SUMIÇO DE QUATRO JOVENS MORRE EM AÇÃO POLICIAL

Eunápolis: O homem morto em uma troca de tiros com a Polícia Militar, terça-feira (12) à tarde, na zona norte de Eunápolis, era um dos suspeitos de envolvimento no desaparecimento de quatro jovens, há quase um ano e meio. Segundo a PM, Anderson de Souza Costa, 22 anos, o “Zezinho”, resistiu à uma intervenção policial na Rua Eliezer Leite, no bairro Juca, e foi atingido por vários tiros.

A PM informou que foi ao local verificar denúncia sobre a presença de um grupo de traficantes armados. Chegando lá, ainda de acordo com a informação, três criminosos resistiram a um cerco e abriram fogo contra os sete policiais que estavam em duas viaturas. Os policiais revidaram.

Após o fim do tiroteio, Anderson foi encontrado ferido, caído ao solo, ao lado de um revólver e uma bolsa contendo drogas. Os demais suspeitos conseguiram fugir.

Durante as investigações sobre o desaparecimento das quatro jovens, Anderson chegou a ter a prisão temporária decretada pela Justiça de Eunápolis. Ele acabou liberado, um mês depois, com vencimento do mandado judicial.

A reportagem apurou que na quinta-feira da semana passada Anderson já tinha trocado tiros com investigadores da Delegacia Territorial, naquela mesma região, mas acabou escapando da investida.

MISTÉRIO DAS JOVENS DESAPARECIDAS

Segundo registro feito pela família na delegacia, as jovens – com idades entre 15 e 18 anos – participaram de uma festa em um barco no distrito de Trancoso, em Porto Seguro, no dia 26 de julho, que foi em um domingo. No dia seguinte ao da festa, já na segunda, elas voltaram para a casa de uma delas no bairro Juca Rosa, em Eunápolis, e teriam deixado o local levadas de moto por homens não identificados. Depois disso, elas não deram mais notícias. Foram feitas diversas buscas, inclusive com cães farejadores, mas os corpos nunca foram encontrados.

Fonte: Radar64

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.