Pauta Baiana
A Notícia com tempero que só tem na Bahia!

ACUSADO DE HOMICÍDIO QUALIFICADO EM TEIXEIRA É PRESO PELA POLÍCIA FEDERAL TRABALHANDO NO AEROPORTO DE VITÓRIA

Vitória: Um morador de Teixeira de Freitas, que era procurado pela polícia por crime de homicídio, foi preso nesta última sexta-feira (22), pela Polícia Federal, no Aeroporto de Vitória. Nossa equipe de reportagem buscou informações e conseguiu levantar a identidade do suspeito. Trata-se de Adenilton Santos Silva, 27 anos. Adenilton estava trabalhando nas obras do aeroporto, há dois dias.

Em nota, a empresa Zurich Airport Brasil, que administra o Aeroporto de Vitória, esclareceu que a liberação de profissionais para trabalhar nas áreas do aeroporto tem como exigência a verificação de antecedentes criminais por parte da Polícia Federal e é exatamente por esse motivo que o Adenilton foi identificado. A concessionária informou ainda que esta era uma contratação de uma empresa terceirizada por uma loja para realizar obras no aeroporto.

Segundo apurou nossa reportagem, o Adenilton é acusado de ser autor de um crime de homicídio ocorrido em junho de 2016 em Teixeira. Por conta desse crime, ele fugiu da cidade. Quando os policiais federais deram ordem de prisão ao Adenilton, ele não reagiu e disse: Vocês me acharam, né?”. Ainda segundo apurou o Liberdade News, o Adenilton tem uma passagem na Polícia em julho de 2015, acusado de tráfico, no Bairro Estância Biquíni.

Segundo apurou nossa reportagem, o Adenilton é acusado de ser autor de um crime de homicídio ocorrido em junho de 2016 em Teixeira. Por conta desse crime, ele fugiu da cidade. Quando os policiais federais deram ordem de prisão ao Adenilton, ele não reagiu e disse: Vocês me acharam, né?”. Ainda segundo apurou o Liberdade News, o Adenilton tem uma passagem na Polícia em julho de 2015, acusado de tráfico, no Bairro Estância Biquíni.

O Adenilton será recambiado para a cidade de Teixeira de Freitas nos próximos dias. Se condenado pelo Tribunal do Júri, ele pode receber uma pena de até 30 anos.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.